6 dicas para quando apresentar profissões às crianças

6 dicas para quando apresentar profissões às crianças

Novo
Por Babysits, 4 minutos de leitura

Quer percebamos ou não, as crianças estão constantemente observando o mundo ao seu redor, absorvendo informações e tentando entender o que estão vivenciando. Isso inclui o trabalho que os adultos estão fazendo. As dicas a seguir facilitam o início de uma conversa com as crianças para ajudá-las a explorar diferentes caminhos de profissão e carreira.

Dica 1 - Exponha as crianças a diferentes opções de profissão e carreiras.

Muitas vezes, as crianças só veem os empregos que seus entes queridos têm. Eles geralmente pensam apenas nas profissões de seus pais, parentes, vizinhos e, por último, mas não menos importante, as profissões dos personagens principais de programas de TV, filmes e livros. Além das profissões que vêem em seu ambiente imediato, eles ouvem pouco sobre outras carreiras. Portanto, não é surpreendente que as crianças muitas vezes querem se tornar o mesmo que a figura de seus pais ou seu personagem de TV favorito.

Adulto trabalhando com criança

Dica 2 - Não desencoraje-os.

Não seja a pessoa que desencoraja os interesses de seu filho, mas seja a pessoa que apóia os interesses dele e incentiva seus pontos fortes. Dessa forma, você pode dar conselhos a seu filho sobre o que ele seria bom e explicar a eles aspectos importantes que vêm com diferentes empregos e escolhas de carreira. Para diferentes profissões, pense nas habilidades que você deve ter, o número de anos de estudo que vem junto, o salário e o número de horas que se trabalha durante a semana.

Mas não se esqueça, quando estamos falando com crianças - a fantasia desempenha um grande papel em seus interesses profissionais!

Criança princesa

Dica 3 - Não estereotipar profissão à gênero.

Algumas crianças podem pensar que uma mulher não pode ser atleta, jogadora de futebol ou militar e que os homens não devem trabalhar como esteticistas ou na área da saúde. “As profissões difíceis são para os homens e os trabalhos de cuidado são para as mulheres”, costumam ouvir. Mas nada poderia estar mais longe da verdade. Os meninos também podem ser muito atenciosos e as meninas são tão fortes e focadas quanto os meninos!

Tenha cuidado para não criar estereótipos de gênero como pais. Mostre ao seu filho que tudo é possível! Seu filho quer ser bailarino profissional ou sua filha quer trabalhar para a polícia? Isso é muito legal, vamos quebrar o estereótipo de gênero!

Bombeiro

Dica 4 - Use o poder do jogo e da imaginação

As crianças aprendem melhor quando brincam. Ao dar às crianças a oportunidade de brincar com brinquedos relacionados a trabalhos específicos, você está explicando de forma divertida diferentes profissões. Pense em fantasias, bonecos que têm uma determinada profissão ou objetos que associamos a profissões como um estetoscópio ou chapéu de polícia.

Doutor

Dica 5 - Peça que imaginem seu futuro.

Se seu filho for um pouco mais velho, outra ótima maneira de falar sobre profissões é perguntando sobre o futuro. Você quer estudar muito ou só um pouco? Você quer começar algo sozinho ou quer trabalhar para outra pessoa? Como você quer passar seu tempo? Você quer filhos ou não? Ao falar sobre o futuro, eles percebem melhor que você não pode simplesmente escolher um determinado caminho na vida, mas que você realmente tem que trabalhar para isso.

Seu filho não tem ideia de como deseja moldar seu futuro? Isso não importa de forma alguma! Diga-lhes que têm a vida inteira para descobrir no que são bons e o que gostam de fazer.

Criança e Adulto conversando

Dica 6 - Lembre-se de que é a carreira deles, não a sua.

É importante lembrar que a escolha da carreira de seu filho não é sua. Você sempre quis ser corretor de imóveis, mas nunca teve a oportunidade de estudar para isso e agora quer que seu filho seja corretor de imóveis? Nós entendemos, mas esta é a vida do seu filho e, em última análise, ele tem que decidir por si mesmo onde estão seus interesses e onde não estão. Ajude-os com suas escolhas, dê conselhos, mas no final a escolha é deles.

Cozinheiro